ESTUDO DE CAUSAS

Gestão, Indicadores, PPAP

ESTUDO DE CAUSAS

PDCA

CICLO PDCA

Desta vez, elaborei um formulário para estudo de causas especiais, ou seja, causas que desconhecemos no nosso dia a dia, que não é comum.

É um formulário com linguagem simples seguindo a divisão dos passos do ciclo PDCA e de fácil entendimento, porém eficaz se utilizado corretamente.

o que é o ciclo PDCA?

O PDCA (Plan – Do – Check – Act) Planejar – Fazer – Verificar – Agir, é um dos métodos mais conhecidos e utilizados para desenvolver o planejamento estratégico de forma eficiente nas empresas.
O Ciclo PDCA tem o seu criador Walter Shewhart na década de 1920, mas o modelo só se tornaria famoso na década de 1950, principalmente no Japão, graças à William Deming, que é considerado o pai do controle de qualidade.
É uma metodologia utilizada para uma melhoria contínua de processos e resolução de problemas.

As etapas.

Etapa 1: PLANEJAR (Plan)
– Análise de causas; Planejar as ações; criar plano de ações.

Etapa 2: FAZER (Do)
Nesta fase, tudo o que foi analisado pelo Planejamento é colocado em prática. É importante que as ações tenham sido elaboradas de forma criteriosa e detalhada para que não aconteçam falhas no decorrer do processo. A fase FAZER é a execução do plano, e também é onde a equipe é treinada para que o planejamento funcione.

Etapa 3: VERIFICAR (Check)
Nesta fase, é onde acontece a análise do que foi realizado ( na Fase Do). Ou seja, é a fase em que ocorre a verificação dos resultados obtidos com o plano de ação estabeleccido. Esta fase irá verificar seus resultados, podendo ser através de análise estatística dos resultados.

Etapa 4: AGIR (Act)
Nesta fase, são realizadas ações corretivas para solucionar os problemas observados durante o processo. Aqui corrigimos as falhas para que suas causas sejam investigadas, evitando que ocorram novamente. Depois do tratamento destas falhas, o processo deve recomeçar. O Ciclo PDCA deve ser sempre retomado, para a melhoria constante de processos e práticas.

Esta fase AGIR é dividida em 2 partes:

  1. Padronização
    Aqui as coisas que deram certo no plano de ação são padronizadas, para que o problema não corra o risco de reaparecer. Essa padronização pode ser feita em um novo documento de normas, ou na modificação de documentos existentes. Além disso, é importante comunicar as mudanças pelos diversos canais de comunicação da empresa, como e-mails, reuniões, etc.
  2. Conclusão
    É aqui que é feita a avaliação final do desempenho da equipe, analisando todos os resultados (com a ajuda de gráficos, como o Gráfico de Pareto ou a Folha de Verificação). Analise o que deu certo e o que não deu, descubra o que é necessário para melhorar ainda mais o desempenho do processo, verifique se parte do problema permaneceu, registre o aprendizado que o ciclo gerou para o grupo e pense nos planos futuros.

Segue um modelo de planilha para estudo:

Formato: .xlsx
Disposição: Desbloqueada
Tamanho: 49 kb
Local do arquivo: Google Drive
Autor: Willian R Rocha

Clique para fazer o download

Pode ajudar curtindo nossa página?!

Tags: , , , ,