PDCA

Entendendo

O ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act / Planejar-Fazer-Verificar-Agir) consiste em uma sequência de passos utilizada para controlar qualquer processo definido. É uma ferramenta que auxilia na organização do processo de implementação de melhorias, dando uma diretriz para a condução de tais projetos / processo. É também utilizada para o planejamento de testes para obtenção de informações a respeito de um processo, antes da implementação de uma melhoria.

O ciclo PDCA


O ciclo PDCA, diferente dos outros conceitos é mais uma ferramenta de gestão do que uma metodologia ou pensamento. Isso torna o seu entendimento muito mais fácil, pois fica muito mais concreto sua utilidade e aplicação.


O conceito é bem simples, você tem 4 estágios:
Plan (Planejar) – Estabelecer os objetivos e processos necessários para fornecer resultados de acordo com as metas pré-determinadas.
Do (Executar) – Implementar as ações necessárias.
Check (Verificar) – Monitorar e medir os processos e produtos em relação às políticas, aos objetivos e aos requisitos estabelecidos e relatar os resultados.
Act (Agir) – Executar ações que promovam a melhoria continua do processo com base nos resultados do que já foi feito.


O grande objetivo do PDCA é ser um ciclo contínuo (ênfase no contínuo), buscando a melhoria dos processos que estão insatisfatórios ou mesmo dos que estão satisfatórios e podem ser otimizados, mas para isso acontecer é preciso que cada uma das etapas seja seguida de forma apropriada.

 

O Plan é o primeiro passo e deve contemplar alguns pontos chaves para que o próximo passo seja dado:
• Levantamento dos fatos
Exemplo: Horas gastas na resolução de Bugs é 60% maior do que o estimado devido ao volume de Bugs encontrados e dificuldade em solucioná-los
• Análise dos fatos e dados
Exemplo: Por que o volume bugs é grande e o que impacta sua resolução
• Definir as metas
Exemplo: Diminuir os Bugs em uma Sprint em 30% e reduzir tempo de resolução em 50%
• Definir os métodos para atingir as metas

Exemplo: Treinamento sobre melhores práticas de programação e melhor cobertura dos Testes unitários

Após o entendimento e definição do Plan, tem início o Do:
• Educar
Apresentar o problema e as metas à equipe de modo a fazer todos entenderem que há um problema e que é preciso o engajamento de todos para mudar este quadro.
• Treinamento
Exemplo: Treinamento sobre as melhores práticas de programação e sobre testes unitários para toda a equipe
• Executar
Exemplo: Aplicação prática das melhores práticas com foco na diminuição do tempo de resolução de um Bug e execução de testes unitários com uma cobertura maior com foco na diminuição de volume de Bugs
• Coleta de dados
Exemplo: Tracking de quantidade de Bugs por requisito e do tempo que demora da abertura ao fechamento de cada Bug aberto (é importante que os dados coletados sejam iguais aos utilizados no Plan para haver um comparativo).

O Check é uma sequência de verificações e pode ter início a partir do momento que se tem a aplicação prática do que foi planejado e/ou a partir do momento que se tem dados o suficiente para fazer uma comparação e análise de como está sendo o Do. Alguns exemplos de verificações:
• O que foi planejado foi seguido?
• Comparação dos dados coletados
• A meta foi atingida?


Em continuidade com as verificações, o Act fará a análise se houve ou não um desvio do que foi planejado e se a meta foi de fato atingida. A ação dessa fase diz respeito a tomar uma ação com base nos resultados do que pôde ser verificado após a execução do que foi planejado, portanto, caso as metas não tenham sido atingidas ou o seu atingimento não tenha sido solucionado, o novo ciclo se inicia tendo conhecimento desses novos dados.
O ciclo PDCA, portanto, é uma ferramenta que pode auxiliar muito na Gestão de Qualidade de qualquer processo de uma empresa, pois ele estimula a melhoria contínua de uma forma mais organizada. O mais importante é entender bem o objetivo de cada uma das etapas, seguí-las como planejado e sempre iniciar um novo ciclo, pois quanto mais vezes o PDCA é executado mais os processos são otimizados.